Arquivo da tag: Água

BEBA ÁGUA, SAIBA O POR QUÊ?

A água é o principal elemento do nosso organismo, ela constitui cerca de 40% a 70% do nosso corpo, dividindo-se em dois compartimentos hídricos conhecidos como intracelular, que vem a ser a parte interna da célula e a extracelular responsável pela união entre células. Nesta divisão podemos encontrar 68% de água intracelular e 32% de água extracelular. Também é encontrada no plasma sanguíneo, sendo este responsável por quase 20% do líquido extracelular. O aumento da massa muscular através do treinamento físico vem a ser uma ocorrência da pressão hidrostática aumentada dentro do sistema circulatório ativo (hipertrofia aguda).

Gota d'água
Foto: Óliver—/flickr.com

Função da água

Tem a função de hidratação corporal com isso mantem o bom funcionamento das nossas capacidades vitais. É o principal nutriente do nosso organismo, importantíssimo na digestão e no transpor te de substâncias dentro e fora das células. A sua ausência em nosso sistema pode causar problemas como cálculos em algumas área do nosso corpo (os mais conhecidos são os cálculos renais), dificuldade na comunicação celular (esse fenômeno causa a falta de concentração) e até mesmo problemas como intestino preguiçoso.

Ingesta de água

Bebendo água
Foto: filipe_fs/flickr.com

Um adulto sedentário em ambiente estável necessita de 2,5 l/dia de água, essa probabilidade em uma pessoa altamente ativa aumenta entre 5 e 10 l/dia. Existem três principais fonte de hidratação: os alimentos, os líquidos e o metabolismo.

Alimentos – todos os alimentos contêm água, variando em baixa ou em grande quantidade. Os principais são as frutas e os legumes.

Líquidos – O aumento da ingesta líquida varia de acordo com os exercícios e o estresse térmico, podendo variar até 6 vezes mais do que a normalidade.

Metabolismo – A água metabólica surge através da quebra de macro-nutrientes dividindo-os em água e dióxido, isso corresponde a 25% de hidratação diária de uma pessoa sedentária.

Excreção da água

 A perda de água no corpo pode ser dada de várias formas, veja os exemplos:

Na urina – tem seu principal foco destinado a eliminação dos co-produtos metabólicos tipo a ureia, sendo que pra ela eliminar 1 g de soluto é necessário 15 ml de água. Por dia são eliminados em média de 1000 ml a 1500 ml de urina.

Água na pele
Foto: alessandrogiraldi/flickr.com

Na pele – esta eliminação é feita sob estimulação das glândulas sudoríparas, com o seu principal foco no resfriamento corpóreo. Em média 350 ml, infiltra-se através dos tecidos mais profundos alcançando a superfície do corpo sendo conhecida de transpiração insensível. Em indivíduos altamente ativos pode ocorrer perda de até 12 litros de suor, em média 1 litro por hora.

Perda como vapor de água – pode variar por conta do ambiente em que o indivíduo esteja. A perda ventilatória de água, ela é bem menor em um clima quente e úmido, sendo que nas baixas temperaturas ela é bem mais elevada como também nas grandes altitudes, por causa da baixa umidade.

Perda de água nas fezes – neste caso a perda de água é de 100 ml a 200 ml, essa quantidade é relativa a 70% da constituição das fezes e os 30% são os matérias indigeríveis e resíduos dos sulcos digestivos.

 Obs. Em casos de diarreias ou vômitos, a perda aumenta variando entre 1500 ml a 5000 ml.

Necessidade de água no exercício – existem meios que variam a necessidade de água na prática do exercício físico, como por exemplo, a intensidade e o volume da atividade física, a temperatura ambiente e a umidade.

Água na atividade física
Foto: Asics Blog/flickr.com

Ao praticar exercícios físicos não esqueça de se manter hidratado. Se o exercício praticado é de grande volume, exercícios estes que requerem tempo acima de 1 h de prática e te exija frequência cardíaca elevada, a hidratação tem que vir com alguns aportes de sais minerais por conta da grande perda de nutrientes. Por isso procure ajuda de um bom profissional da nutrição para lhe orientar a respeito desta hidratação.