Dor na hérnia de disco

DOR LOMBAR

Mãos na lombar com dor
Fonte: vivaplenamente1/flickr.com

As alterações de dor na coluna lombar têm sido bem documentadas nas várias populações. A coluna, em função de seus múltiplos segmentos e articulações, têm um alto potencial para permitir a manifestação de numerosas patologias. Algumas pesquisas referem-se que de  50% a 80% de todos os adultos irão sofrer de lombalgia durante a sua vida. Na Inglaterra, a somatória de dias perdidos no trabalho pela população com quadro de lombalgia tem sido estimada em mais de 18 milhões por ano. Os programas de tratamento variam de repouso, exercícios físicos, cirurgia e terapias alternativas como acupuntura, auriculoterapia e quiropraxia.

Dor nas costas
Fonte: Azlin Solar/flickr.com

A dor lombar, como grande causa de morbidade e incapacidade, tem incidência apenas menor que a cefaleia, isso entre os distúrbios de dor que acometem nós seres humanos. Há relatos na literatura que até 1990, os gastos anuais com esse problema foram de cerca de 23,5 bilhões de dólares, somente nos Estados Unidos.

Dor lombar na terceira idade
Fonte: Ludmila Tavares/flickr.com

Dor lombar ou lombalgia é um sintoma, por conta disso não devem ser medidos esforços para elucidar sua causa. Como sintoma, é incaracterística e recebe influências do sistema nervoso central e de emoções como o medo. Consiste em dor localizada na região inferior do dorso, na base da coluna lombar, entre o último arco costal e a prega glútea.

Causas

As causas desta manifestação de dor podem ser: hérnias ou abaulamento discal, má postura, período gestacional, escoliose, exercícios executados erroneamente, sobrecarga de peso nos exercícios, obesidade, irritação de raiz nervosa, espondilose, espondilolistese, espondilite anquilosante, fraturas, discopatias, distensão lombar, impacto facetário, artrose, cirurgias, osteoporose, estenose do canal vertebral, infecções, neoplasias, lesão medular, osteófitos, etc.

Dor na hérnia de disco
Fonte: anderson.luisschmidt/flickr.com

Segundo estudos os traumas de coluna toracolombar são muito freqüentes, representando 89% das fraturas de coluna e sua associação com lesões neurológicas ocorre em 50 de cada um milhão de pessoas por ano, aproximadamente. A maioria dos pacientes é do sexo masculino, com idade entre 15 e 30 anos. Este é outro diferencial entre as causas de dor lombar e deve ser lembrado quando existe história de trauma maior em adultos e de trauma menor em pacientes osteoporóticos. As principais causas para estas fraturas são os acidentes automobilísticos, as quedas de altura, as lesões no esporte e a violência urbana. O uso do cinto de segurança tem prevenido e reduzido a incidência destas fraturas.

Ficou curioso para saber como prevenir as causas de dor lombar, então fique ligado aqui no nosso blog estaremos lançando um artigo sobre como prevenir a lombalgia.

CURTA E COMPARTILHE com seus amigos.

Deixe seu comentário...