Arquivo da categoria: Emagrecer

OBESIDADE INFANTIL

A obesidade infantil está se tornando a cada década um problema de saúde pública com expansão mundial. Em todos os países do mundo temos inúmeros casos de obesidade na infância, mas já pode ser constatado que suas causas são a inatividade física, o sedentarismo e principalmente a má alimentação. É fato, que todos esses quilos ganhos na fase da infância tem uma grande parcela de culpa da má alimentação, e ao pararmos para analisar, podemos até justificar outro culpado, a falta de movimentação por conta do grande tempo perdido em frente a tela de um computador ou até mesmo do último console lançado no mercado.

Obesidade infantil
Fonte: Carolina Ritter Ribeiro/flickr.com

O aumento de peso no ser humano pode também estar ligado ao seu convívio social. É certo nos dias de hoje, nós vermos na mídia inúmeras propagandas de alimentos ricos em calorias e carboidratos, que com o passar dos anos vem se expandindo e nos matando cada dia mais. Vale ressaltar a apelação para o público infantil que sempre quer o lanche, por conta de um brinquedo ou qualquer outro brinde que irá distraí-lo enquanto estiver comendo. Isso se justifica em pesquisas que mostram que a obesidade infantil está ligada diretamente com o consumo de alimentos que alem de ricos em carboidratos e gorduras, tem em grande parte de sua composição açúcares.

Obesidade infantil com fast food
Fonte: Nomadize/flickr.com

Estes estudos alem de concluir que a má alimentação é aliada direta do aumento de peso, também conclui sobre a péssima influência que esses veículos de comunicação causam em nossas crianças.

Percentual de gordura na obesidade infantil
Fonte: Jornal Brasil em Folhas/flickr.com

É importante ressaltar que a obesidade infantil nunca vem só, sempre está acompanhada de outros males silenciosos como a hipertensão arterial e o colesterol elevado. Então, cuide bem da sua alimentação para que você sirva de exemplo para seus filhos, mostre a eles que não é necessário viver para comer e sim, comer para viver.

Gostou das dicas, ainda tem muito mais pra você. Compartilhe com seus amigo, conta pra eles o que você aprendeu conosco. Até logo!

Texto escrito por: Fabio Lamego – Profissional de Educação física com especialização em Fisiologia e Treinamento, Método Pilates e Acupuntura. Divide em cada artigo um pouco do que aprendeu durante sua jornada acadêmica e o que já viu em suas andanças pelo mundo a fora. “Passe as informações a diante”.

PILATES: BENEFÍCIOS DE SUA PRÁTICA

O Método Pilates, uma prática de ginástica desenvolvida por seu idealizador Joseph Humbertus Pilates, o famoso Joe. Assim que foi criado era conhecido como Contrologia, a arte ginástica que interliga mente, corpo e espírito. Nesse artigo vamos tratar de alguns dos muitos benefícios do Pilates.

Integrar corpo e mente

Pilates e consciência corporal
Fonte: Greeg Borges/flickr.com

A prática do Método Pilates ajuda a manter o equilíbrio do corpo como um todo, aumentando a concentração, a capacidade respiratória, a centralização de força corporal (Power house), a precisão e o controle nos movimentos. Desenvolve com isso a funcionalidade.

Controle e aumento da força muscular

Pilates - Teaser
Fonte: metalifepilates/flickr.com

Contando com a resistência da gravidade e a resistência das molas, a prática do Pilates tonifica desde pequenos a grandes grupamentos musculares, vale lembrar da grande importância dos aparelhos como Cadillac, Reformer, Chair, Barrel e Wall Unit, que se utilizam dessas resistências e até mesmo do próprio peso corporal auxiliando no aumento desta força e da resistência muscular.

Melhora a capacidade respiratória

Pilates e respiração
Fonte: ambar230/flickr.com

Assim como as demais musculaturas do corpo humano, a prática regular de Pilates estimula a ativação da musculatura do diafragma, principal músculo do sistema respiratório, responsável pela ampliação da capacidade respiratória e juntamente com as musculaturas do transverso abdominal e assoalho pélvico, fazem uma melhor estabilização da parte central do corpo, chamada no Pilates de Power House e conhecida normalmente de região do CORE.

Aumenta a energia

Extensão de tronco no Pilates
Fonte: metalifepilates/flickr.com

Por conta da troca gasosa realizada naturalmente pelos exercícios respiratórios, o ar ruim, como dizia Joe Pilates, sai e o ar mais puro entra preenchendo os pulmões e favorecendo a melhor filtragem sanguínea aumentando a energia do indivíduo.

Aumenta a flexibilidade

Pilates no Reformer
Fonte: metalifepilates/flickr.com

A prática regular do Pilates favorece a melhoria do condicionamento da flexibilidade corporal graças ao uso de molas e faixas elásticas. O uso de contra força muscular exercido por esses acessórios, inibem mecanismos de defesa do corpo fazendo com que isso favoreça ao aumento da flexibilidade.

Reeduca a postura e alinhamento corporal

Pilates no Barrel
Fonte: metalifepilates/flickr.com

Pilates oferece também, como mais um de seus benefícios,  o auxílio na correção de postura, dando ao corpo estímulos corretos e com isso, o direito de se movimentar com mais naturalidade. Tendo como trabalho, fortalecer a musculatura e devolver flexibilidade ao corpo levando ao seu verdadeiro alinhamento.

Maior consciência corporal

Pilates e Yoga
Fonte: Eterno Imortal/flickr.com 7

O Pilates como método de treinamento, permite que o praticante sinta regiões do corpo que estão sendo trabalhadas, e por conta deste fator, melhora a sensibilidade desenvolvendo a percepção. Para a execução dos movimentos de Pilates é exigida uma alta concentração com o intuito de melhorar ainda mais a qualidade do exercício que exige um menor número repetições para que não haja compensações(a famosa “roubadinha”).

Aumenta o equilíbrio e a coordenação

Pilates e equilíbrio
Fonte: Eterno Imortal/flickr.com

O Método Pilates faz com que a força muscular, flexibilidade, concentração e respiração sejam trabalhados em conjunto, no qual por consequência, é trabalhado e desenvolvido maior equilíbrio e coordenação.

Previne lesões e reduz dores musculares

Pilates na dores corporais
Fonte: CCPazeVida/flickr.com

O Método Pilates por fortalecer o corpo como um todo, faz com que as estruturas corporais como músculos, tendões, ligamentos e articulações, estejam sempre preparadas para receber estímulos sem que haja prejuízo na estrutura explorada. Diminui e elimina dores decorrentes de má postura e de algumas patologias musculoesqueléticas específicas. Porém, recomendasse passar por uma avaliação médica e procura um especialista para dar início ao seus treinos de Pilates. Essa passagem por especialistas é para que se possa planejar, sem danos a saúde dos praticantes, um trabalho adequado com os exercícios do Pilates.

Aumenta a auto-estima

Pilates na auto estima
Fonte: GabrielArriolaBravo/flickr.com

A prática correta de Pilates permite que se alcance de forma prazerosa o controle e o aumento das capacidades do próprio corpo, melhorando a qualidade de vida. O praticante, que passa a saber até onde seu corpo pode ir, começa a acreditar mais em sua capacidade física e se entrega cada vez mais na prática de Pilates.

Previne e reduz o estresse

Pilates na prevenção do estresse
Fonte: Nossa Jacareí/flickr.com

Tendo a oportunidade de fugir da rotina de trabalho e de todos os problemas do dia a dia, ao praticar o Pilates, já é de grande ajuda a sensação de alívio do estresse. A forma de execução dos exercícios junto a respiração com foco e concentração, ajuda a colocar corpo e mente em conjunto e pleno alinhamento, promovem com isso um grande relaxamento corporal de forma geral.

CURTA E COMPARTILHE com seus amigos.

Texto escrito por: Jefferson Lenk – Estudante de Educação Física da Universidade Estácio de Sá. Fabio Lamego – Profissional de Educação física com especialização em Fisiologia e Treinamento, Método Pilates e Acupuntura. Ambos dividem em cada artigo um pouco do que aprenderam durante sua jornada acadêmica.“Informação é feita para ser passada!”

AUMENTEI DE PESO, SOU OBESO?

Os incômodos com as questões do peso não é um fato novo, em 460-377 a.C, Hipócrates disse: “se pudéssemos dar a cada individuo a quantidade certa de alimentos e exercícios, nada em excesso, nós teríamos encontrado o caminho certo para a saúde”. Mesmo sem os recursos e sem estudos comprovados, foi possível detectar que a alimentação irregular e a falta de atividade física eram os maiores aliados da obesidade. Esta visão de Hipócrates foi aderida por autores, que disseram que “a falta de atividade física é um fator claro do elevado índice de excesso de peso e obesidade, encontrado na sociedade moderna.”

Obesidade na arte
Fonte: by Fabio Lamego – Praça Santo Domingo, Cartagena – Colômbia.

A prevalência de obesidade na fase da infância e na adolescência pode ser um dos agravantes principais para haver a possibilidade de obesidade na fase adulta do indivíduo. A obesidade é hoje um dos maiores problemas de saúde na sociedade atual. A obesidade nos estados unidos acomete mais de 40% da população e este número tende a ter um aumento considerável.

Existem dois tipos de obesidade, a andróide que é vulgarmente conhecida como formato de maçã, é assim conhecida por dar ao corpo do individuo um formato parecido com o de uma maçã.

Obesidade na dança
Fonte: Cea./flickr.com

Este tipo de obesidade é mais freqüente em homens e vem acompanhado pelo aumento de glicose, triglicerídeos e hipertensão arterial. É possível acompanhar neste tipo de obesidade um maior acúmulo de gorduras na região abdominal. O outro tipo de obesidade é o tipo ginecóide ou formato pêra, sendo mais freqüente em mulher. Observa-se um acúmulo de gorduras na região do quadril.

A obesidade é um fator de risco iminente para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, e esta doença tem sido agravada devido às facilidades da vida moderna uma vez que um indivíduo hoje em dia, é capaz de pagar uma conta sem precisar sair de casa, acessando a internet e com alguns cliques ele joga fora a oportunidade de realizar uma breve caminhada de 10 a 20 minutos, o que já seria aceitável para os padrões de atividade física.

Todo e qualquer ser humano com um maior acúmulo de gordura em torno dos órgãos tem a facilidade de aumento do risco de doenças cardiovasculares. Observando este motivo, além de nos guiarmos pelo cálculo de massa corporal, o famoso IMC, devemos observar o estereótipo do indivíduo.

Obesidade na teoria
Fonte: burrifotografie.ch/flickr.com

Atletas Bodybuilding tem o índice de massa corporal (IMC) alto, mas nem por isso tem o percentual de gordura elevado, pelo contrário, os índices de percentual de gordura são baixíssimos em comparação ao percentual de massa muscular. Pelo fato de uma avaliação de IMC de um indivíduo desses dar elevado só podemos dizer que ele é “obeso” em teoria, pois ao visualizar, vemos um corpo altamente digitalizado.

CURTA E COMPARTILHE esse artigo com seus amigos.

Texto escrito por: Fabio Lamego – Profissional de Educação física com especialização em Fisiologia e Treinamento, Método Pilates e Acupuntura. Divide em cada artigo um pouco do que aprendeu durante sua jornada acadêmica e o que já viu em suas andanças pelo mundo a fora. “Informação é feita para ser passada!”

Dieta: alimentação na medicina chinesa

A dieta alimentar é a base da medicina tradicional chinesa. Através dela que conseguimos a energia base para nosso organismo. Essa filosofia de vida vem também acompanhada dos fitoterápicos chineses, das práticas de exercícios físicos regulares e da acupuntura (moxabustão, auriculoterapia, acupressura e etc.)

Yoga na dieta
Fonte: Kookstudiogids.nl/flickr.com

As doenças que se aproveitam de nosso organismo, vem na maioria das vezes por conta de uma dieta de baixos nutrientes energéticos. Segundo a medicina tradicional chinesa é importante termos um organismo forte, mantendo nosso sistema imunológico elevado para assim não deixarmos que a doença adentre nosso corpo.

Dieta na Medicina Chinesa
Fonte: jiformales (yajo) – super busy …/flickr.com

Devemos observar na dieta que comer em quantidade é inversamente contrário de comer com qualidade. Muitas pessoas substituem na dieta, importantes refeições com alta quantidade de nutrientes por uma alimentação rápida e rica em gorduras e carboidratos, os famosos “fast food”. Vale ressaltar que a grande importância do alimento é a energia que ele pode fornecer ao seu organismo para beneficiar sua funções vitais, em outras palavras, para a medicina chinesa há alimentos específicos para cada tipo de pessoa, com base nos cinco elementos (água, madeira, fogo, terra e metal). Comece a notar que alguns alimentos fazem bem a certas pessoas e na dieta de outras faz mal.

O consumo de leite de “vaca” não é indicado para nós seres humanos, a Universidade de Harvard em pesquisas recentes alertou quanto ao consumo deste tipo de alimento em nossa dieta. Puderam provar a grande possibilidade de desenvolvimento de câncer no organismo humano no longo prazo. Na visão tradicional chinesa eles mostram que o leite aumenta a umidade em nosso organismo e com isso podemos nos deixa propício ao aumento de doenças por conta desta umidade. Vale lembrar que, o ambiente úmido desenvolve um grande número de bactérias.

Dieta sem leite
Fonte: Gabrielle Falcao/flickr.com

O leite materno é para ser consumido até sua idade de amamentação correta e a partir de então o cálcio para nosso organismo tem que ser buscado em vegetais de cor verde escura como o brócolis e a couve manteiga, mas procure um nutricionista para uma melhor orientação em sua dieta e consuma com moderação. E fica o alerta, o leite materno não é substituído por nenhuma outra forma de nutriente na dieta da criança. Cabe saber que o ser humano é o único animal que continua a consumir leite após a vida adulta, mas não o materno e sim o de outras fontes.

Dieta e fitoterápico chinês
Fonte: Ana Paula Hirama/flickr.com

“Comer pra viver ou viver pra comer?!”, pense nessa frase e reflita sua vida.

“Os médicos excepcionais previnem doenças. Os médicos medianos curam doenças que ainda não se manifestaram. Os médicos medíocres tratam de doenças já manifestadas.” (Chinesisches Sprichwort, 2000 v. Chr./Livro: Os 5 elementos na alimentação equilibrada, pág. 09) 

CURTA E COMPARTILHE com seus amigos.

Texto escrito por: Fabio Lamego – Profissional de Educação física com especialização em Fisiologia e Treinamento, Método Pilates e Acupuntura. Divide em cada artigo um pouco do que aprendeu durante sua jornada acadêmica e o que já viu em suas andanças pelo mundo a fora. “Informação é feita para ser passada!”

4 SIMPLES OBJETIVOS DO EXERCÍCIO FÍSICO

Esse artigo é curto e direto no que tange ao assunto exercício físico, mas bem relevante para que haja um esclarecimento a respeito de como se apresenta a prática de exercícios físicos.

1º. Exercício físico de REABILITAÇÃO

EXERCÍCIO FÍSICO NA REABILITAÇÃO
Fonte: flickr.com/www.bodydesignpilates.com.tr

Tem o propósito de melhoria de alguma patologia, ajudando na melhora e recuperação desta tal lesão. Esta reabilitação pode ser estrutural e/ou fisiológica.

2º. Exercício físico de EMAGRECIMENTO

EXERCÍCIO FÍSICO DE EMAGRECIMENTO
Fonte: flickr.com/canalvcfitness

Tem por objetivo a redução do peso corporal através do aumento significativo do gasto calórico, melhorando também a alto estima e algumas lesões por causa do excesso de peso. Lembrando que a redução de peso está ligada diretamente ao controle alimentar.

3º. MELHORIA DAS VALÊNCIAS FÍSICAS

Exercício físico de Yoga
Fonte: flickr.com/by Carlos Photo

Através do treinamento ocorre o aumento da força, flexibilidade, resistência muscular localizada (RML), coordenação, agilidade, velocidade, entre outras. O interessante é o fato de se manter ativo, independentemente do Execício físico praticado, sinta prazer em sua prática diária de exercício.

4º. Exercício físico no BEM ESTAR E QUALIDADE DE VIDA

Exercício físico de Futevôlei
Fonte: flickr.com/Marco Pajola

A prática do exercício físico favorece fatores que elevam o bem estar não só físico, mas também mental através de atividades coletivas favorecendo o entrosamento e o contato interpessoal. Todos estes fatores já apresentados estão diretamente ligados com a qualidade de vida.

Então, gostou de nosso artigo? Aproveite e deixe seu email na barra lateral a direita, será um prazer enviar-lhe novos posts sobre saúde e qualidade de vida.

DIETA DE CONTROLE ALIMENTAR

Manter uma dieta de controle alimentar nos dias atuais é uma tarefa muito árdua e muitas vezes é impossível, mas com um pouco de força de vontade e dedicação ao regramento, dá  para alcançar os objetivos de redução de peso, baixa das taxas de colesterol e os níveis de triglicerídeos e também os níveis de glicose.

Esta forma de dieta retira da nossa mente o sentimento de culpa de termos assumido um compromisso de realizar uma forma de alimentação e não estamos cumprindo. Pois com o controle alimentar você não precisa parar de comer isso ou aquilo, pode-se dizer que é mais uma forma de controle corporal e mental do que uma dieta propriamente dita.

Dicas

– Evite excessos: a maior preocupação hoje é com o consumo de açúcares que segundo pesquisas mostram que causam mais doenças do que o álcool e o cigarro. A dieta que contem um consumo em conjunto das gorduras e açúcares também é muito prejudicial. Podemos analisar que em doces industrializados ou até mesmo caseiros eles são uma dupla e tanto para denegrir a imagem de qualquer dieta. Fique de olho no consumo dos refrigerante pois são compostos por quase 30% de açúcares.

Dieta de balas e doces
Foto: MinhaVida2006/flickr.com

– Regre seus horários: programe-se para sempre ter um alimento próximo a mão e de fácil consumo, podemos dar o exemplo das frutas como a banana e a tangerina(mexerica) pois ambas são higiênicas, de fácil consumo e seus açúcares são de fácil digestão. Lembrando, preocupe-se com a principal refeição do dia, o café da manhã. Comer de 3 em 3 horas faz com que seu metabolismo se mantenha ativo.

Controle a dieta com banana
Foto: Fayez Al-Fawaz/flickr.com

– Desistir, já mais: lembre-se, a jornada é longa, você não tem pressa e seu foco é o bem estar físico e mental.

Foco na dieta
Foto: Erica Alessandra/flickr.com

Não fique iludido com as dietas milagrosas que são apresentadas na televisão, respeite sua individualidade (o que é bom pra mim, pode não ser bom pra você) e lembre-se “você é o que você come”.

DIETA: O SEGREDO PARA EMAGRECER.

A busca por dietas emagrecedoras está diretamente associada ao bem estar e a intenção de reverter em pouco tempo danos que foram acumulados durante anos.

EMAGRECER É FÁCIL! Basta comer menos e gastar mais calorias!

Dieta no foco
Foto: Erica Alessandra/flickr.com

Podemos fazer dietas radicais e passar horas na academia e alcançaremos nosso peso desejado em pouco tempo, mas e depois? Voltaremos a nossa vida sedentária e comeremos fast food, afinal agora merecemos, nosso objetivo foi alcançado!

É justamente aí que mora o problema, não basta radicalizar é preciso reeducar a alimentação, o tempo, as escolhas e a rotina.

Reeducação alimentar

A reeducação pode ser feita gradativamente, substituindo e experimentando aos poucos novas escolhas. O resultado na dieta de reeducação não será imediato, no entanto, será duradouro, pois os hábitos serão adotados para a vida toda e não por um curto tempo em que se quer perder peso.

Mantenha a dieta
Foto: ✂✂✂✿♥ ANGELA MONI ♥✿✂✂✂/flickr.com

Essa forma de dieta nos sugere hábitos para uma vida saudável, que nos trazem muitos benefícios além do emagrecimento como aumento da imunidade, melhoria da pele e cabelos, controle do colesterol e pressão, entre outras.

Medindo os resultados da dieta
Foto: LianeJorge/flickr.com

Relacionamos algumas mudanças de hábitos que ajudam a perder peso:

  • Comer devagar: deve-se mastigar em média 20 a 30 vezes cada porção colocada na boca;
  • Evitar gorduras: frituras, queijo amarelo,carnes gordas, etc, fazem mal mesmo em pequenas porções;
  • Diminuir o consumo de açúcar refinado e sal: ambos podem ser substituídos por opções mais saudáveis como açúcar mascavo e alho, respectivamente;
  • Preferir carboidratos complexos: substituindo a farinha, pão e massas por suas versões integrais;
  • Beber água: consumir ao longo do dia, em média, 2,5 litros;
  • Consumir frutas e legumes: 3 porções de cada grupo distribuídas nas refeições diárias;
  • Comer de 3 em 3 horas: preferencialmente em horários fixos, totalizando em média 6 refeições diárias;
  • Fazer atividades físicas regularmente: busque atividades que lhe proporcionem prazer, seus momentos de lazer podem ser mais ativos;
  • Substitua refrigerante por suco natural da fruta;
  • Experimente: novos sabores, combinações mais saudáveis;
  • Evite o consumo de alimentos industrializados: alimentos naturais possuem nutrientes que fazem benefícios ao organismo;
  • Não compre o que você não deveria comer: evite a tentação e lembre-se que se não é bom para você também não fará bem a sua família.

Escolha algumas dessas dicas e comece agora mesmo sua reeducação alimentar.

Lembrando que todas devem ser seguidas, sugerimos apenas que comece gradativamente e você alcançará bem estar para vida toda, evitando o efeito sanfona.

Então, gostou de nosso artigo? Aproveite e deixe seu email na barra lateral a direita, será um prazer enviar-lhe novos posts sobre saúde e qualidade de vida.